CAP X – ORGULHO E PRECONCEITO DE JAINE AUSTEN

“ A tendência que o ser humano tem de julgar sem conhecer, poderia ter colocado fim nessa historia, mas o destino sempre entra em ação.”



Esse romance conta a historia de Darcy e Elizabeth Bennet, que se passou no final do século XIX, na Inglaterra. Nessa época os relacionamentos era movidos à interesse e dinheiro, então uma família pobre e com cinco filhas  não poderia querer um bom casamento para elas.

Com a chegada do jovem, Bingley , a família Bennet, fica animada para um futuro casamento de uma das filhas, no Baile, Jane chama a atenção do jovem Bingley e nasce um amor, que por pouco não se acaba em um final nem tão feliz.

Mais na realidade esse romance é mais para contar como Elizabeth Benet, conquistou o coração de Darcy, ele chamou a atenção pela sua beleza, mais seu orgulho e até por parecer uma pessoa desagradável.

Quando Darcy mencionou que Elizabeth era até que tolerável, isso a deixou indignada, e sentou uma enorme repulsa por aquele estranho. Mas como todo romance essa repulsa não demorou muito a passar, e a repulsa se transformou em amor.

Amor esse que mesmo com todas as regas e desencontros aconteceu, Darcy se declara para Elizabeth, e eles tem um final feliz.

O que esse livro me mostrou é que o amor é um sentimento que vence todos os obstáculos e ultrapassa o tempo.

A partir deste dia...não quero me afastar de você...., essa frase foi dita por Darcy para Elizaberh, talvez não dessa forma, mais a essência é a mesma.

“Tudo que for destino será realizado demore o tempo que for.....”(Darcy – orgulho e preconceito)

Se você gosta desse tipo de leitura, romance envolvendo uma pitada de feminismo super recomendo, afinal todo tipo de romance é bem vindo em nossas vidas.


Beijos



Comentários